Turista de Minas Gerais dirigia carro que atropelou mãe com dois filhos na AL-101 Sul

O condutor do veículo que atropelou uma mãe e seus dois filhos quando tentavam atravessar a AL-101 Sul, no povoado de Massagueira, prestou depoimento, nesta quarta-feira (11). O advogado de defesa, Marcelo Medeiros, afirma que o cliente não havia ingerido bebida alcoólica e deixava um restaurante no local.

A delegada que investiga o caso, na Delegacia de Marechal Deodoro, informou que o veículo passará por perícia para que possa confrontar com a versão apresentada pelo acusado. O turista nega que estava em alta velocidade no momento em que houve a colisão.

Ele contou para a Polícia Civil (PC) que saía da entrada de Massagueira, quando percebeu a presença das vítimas na rodovia, tentou desviar, mas não conseguiu. No entanto, na versão de familiares, Dayane Vital e os dois filhos, um de dois e outro de seis anos, estavam no acostamento da rodovia, quando foram atingidos pelo carro.

A criança de seis anos acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. Sua mãe continua internada no Hospital Geral do Estado (HGE) e o irmão de dois anos recebeu alta médica. A defesa do motorista nega que ele tenha fugido do local sem prestar socorro.

Por Cadaminuto

Hits: 11

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.