Polícia investiga homicídio seguido de tentativa de assassinato e suicídio em Murici

Agentes da Polícia Civil e militares do Corpo de Bombeiros fazem buscas por jovem que desapareceu no Rio Mundaú; suspeito tentou tirar a vida do companheiro da garota e depois se matou

A Polícia Civil (PC) investiga as circunstâncias que provocaram o desaparecimento de uma jovem, de 21 anos, no município de Murici, Região Metropolitana de Maceió. A apuração dá conta de que ela foi assassinada e teve o corpo jogado no Rio Mundaú. Até o momento, ela não foi localizada. O suspeito, primo dela, teria tentado matar o namorado da garota e, depois, tirou a própria vida.

O delegado Igor Diego, que responde pelo Distrito Policial (DP) de Murici, informou que pode estar diante de um caso inusitado que envolve um homicídio, tentativa de homicídio, seguidos de suicídio.

Desde a tarde dessa quarta-feira (18), as equipes da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros se empenham para tentar encontrar a jovem que sumiu. O Grupamento Aéreo da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) também foi mobilizado para suporte às buscas.

Pelo relato de testemunhas, feito ao delegado Igor Diego, o suspeito saiu com a prima em direção ao rio e retornou para casa, algum tempo depois, sozinho, sujo de lama e todo molhado, dizendo que havia feito uma besteira, revelando que a jovem estaria morta.

“Em seguida, muito transtornado, ele pegou uma faca e desferiu golpes contra o companheiro da prima, que estava dormindo na ocasião. A esposa deste suspeito, ao tentar prestar ajuda ao rapaz ferido, foi até a porta de casa para pedir socorro. Quando retornou, avistou o marido enforcado no quarto com um lençol pendurado no telhado”, relatou o delegado.

Segundo ele, a Polícia Civil está trabalhando no sentido de elucidar este conjunto de crimes, principalmente para localizar a jovem que desapareceu. As buscas seguem pelo rio e localidades próximas nesta quinta-feira (19).

Por Gazetawbe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.