Após retorno à fase vermelha, Maceió recebeu 371 denúncias de aglomerações

0

Desde o início das medidas restritivas em decorrência do agravamento da pandemia em março deste ano, com relação ao funcionamento de bares e restaurantes, foram realizadas 371 denúncias de aglomerações em Maceió, segundo informações da Secretaria Municipal De Segurança Comunitária E Convívio Social (Semscs)

Ao CadaMinuto, a secretaria informou também que após o retorno à fase vermelha em Alagoas, as denúncias mais recorrentes e os bairros com maiores registros de aglomerações são: Jatiúca, Ponta Verde, Jacintinho, Prado, Serraria, São Jorge e Feitosa.

Em caso de aglomeração, os agentes são responsáveis por realizar uma orientação educativa. No entanto, “caso seja reincidente, o estabelecimento é notificado, podendo até ser interditado”, informou a secretaria.

“Além das rondas de fiscalização, o serviço de inteligência circula pela cidade observando situações irregulares, não apenas no cumprimento do decreto, mas também de obstrução de vias públicas, por exemplo”, destaca.

Já com relação à fiscalização do uso de máscaras, foi informado que os guardas orientam as pessoas que não estão utilizando, mas que essa supervisão é de competência do estado.

Denúncias

A Prefeitura de Maceió estabeleceu que a Semscs é responsável pelas fiscalizações de aglomerações na capital. Para realizar uma denúncia, a população pode entrar em contato pelo Whatsapp 82 98882-8064. Também em canais eletrônicos, como no e-mail denuncia@semscs.maceio.al.gov.br e pelo site da prefeitura: http://www2.ouvidoria.maceio.al.gov.br/ouvidoria/faces/pages/manifestacao.xhtml.

É importante ressaltar que o contato só recebe denúncias referentes à capital, pois é uma ação da Prefeitura de Maceió. Eventos realizados em outros municípios devem ser relatados à PM, pelos telefones 190 ou 181.

Fase vermelha

Em março deste ano, após um expressivo aumento no número de casos de Covid-19, o estado de Alagoas retornou à fase vermelha aumentando as medidas de restrição. Houveram flexibilizações depois desse período, mas, os últimos decretos voltaram a diminuir os horários de funcionamento de bares e restaurantes.

Nesta quinta-feira (10), o governador Renan Filho prorrogou as atuais regras da fase vermelha por 15 dias, pois, “a taxa de ocupação de leitos e o número de óbitos seguem altos e balizaram a decisão”, afirmou.

Os bares e restaurantes estão autorizados a funcionar de 5h às 20h, de segunda a sexta. Após esse horário e aos sábados, domingos e feriados, somente por delivery e pegue & leve.

Por CadaMinuto/*estagiária sob supervisão da editoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *