Baixa adesão à vacina pode estar relacionada ao avanço das idades na imunização dos municípios

0

A vacinação nos municípios alagoanos acontece em ritmos diferentes, apesar da entrega das doses ocorrer de forma simultânea. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), isso ocorre porque as doses disponibilizadas para cada faixa etária acabam sobrando e sendo utilizadas nas seguintes.

A Sesau explica que o envio das doses é realizado de acordo o número de pessoas em cada grupo a ser vacinado por determinação do estado, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A secretaria realiza o envio apenas depois de receber essas informações para determinar o quantitativo de doses.

Atualmente, após o recebimento de novas doses pelo Ministério da Saúde na última quarta-feira (24), Alagoas autorizou a vacinação da população entre 47 e 44 anos. No entanto, em Maceió, por exemplo, a vacinação já chegou à população adulta com 41 anos.

Em nota emitida pela Secretaria de Saúde de Maceió (SMS), nesta segunda-feira (30), a capital informou que ampliou a faixa etária de vacinação devido à baixa procura nos pontos de imunização e saldo de doses.

“Além disso, reforça que recebeu o quantitativo de imunizantes referentes à estimativa populacional de 44 anos; baixou até os 42 e, só após a redução da procura dessa faixa etária, diminuiu a idade, com o objetivo de que mais maceioenses fossem vacinados”, afirma a SMS.

Outros municípios do estado também já seguem esse ritmo de redução acelerada nas faixas etárias. Arapiraca está vacinando a população adulta com 40 anos, Rio Largo está em 39 anos e Penedo chegou aos 37 anos.

Atraso na segunda dose

Além do não comparecimento à primeira dose, segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, haviam 34.652 pessoas em atraso com a segunda dose da vacina contra Covid-19, no período entre 17 de janeiro e 14 de junho de 2021.

De acordo com o Ministério, das doses em atraso, 23,4 mil são referentes à Coronavac (67% do total). As outras 11,2 mil são da AstraZeneca (33%).

Dados atuais

A Sesau, em seu último Boletim Imunização, divulgado nesta segunda-feira (28), por meio do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL), mostra que 1.333.580 doses das vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas em Alagoas. São 978.200 pessoas vacinadas com a primeira dose e 355.380 já imunizadas com a segunda dose e dose única.

Alagoas recebeu, do Ministério da Saúde, 1.866.870 doses das vacinas – CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen –, e distribuiu 1.486.482 doses de vacinas para os 102 municípios.

Por CadaMinuto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *