Cobrança, reforço para lateral e negociação com o meia Marcinho: CSA se mexe nos bastidores

0

Por Redação do ge — Maceió

A diretoria do CSA cobrou dos jogadores nesta semana. Presidente do clube, Rafael Tenório disse nesta quarta que a apresentação na primeira partida da Série B, contra o Náutico, foi abaixo da crítica e exigiu uma resposta imediata do elenco.

O time volta a jogar pelo Brasileiro no próximo sábado, às 16h30, contra o Sampaio Corrêa, no Rei Pelé.

Ao mesmo tempo que cobra, a diretoria está no mercado para buscar reforços. O meia Marcinho acertou as bases do contrato com o CSA, mas precisa definir a sua situação com o Cruzeiro.

A diretoria do time mineiro até libera o jogador, mas quer que ele abra mão de valores em atraso. Isso ainda está travando o negócio.

Outro nome no radar do Azulão é o do atacante Wellington Nem, que foi indicado pela comissão técnica e está sendo pouco utilizado pelo Fortaleza. O CSA tem interesse, mas espera ainda um sinal verde do estafe do atleta para avançar na negociação.

Quem pode reforçar o time já contra o Sampaio é o lateral-esquerdo Kevyn. Ele ganhou na Justiça a liberação do Náutico e foi regularizado pelo CSA nesta quarta. O nome do atleta foi até publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Lateral Kevyn foi regularizado na quarta pelo CSA — Foto: Reprodução CBF

Lateral Kevyn foi regularizado na quarta pelo CSA — Foto: Reprodução CBF

Pastana

A diretoria do CSA sabe que o Cruzeiro está negociando com o executivo de futebol, Rodrigo Pastana, e espera o desfecho até o fim de semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *